Alimentação em Foco Menu
Como substituir o arroz?

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest

Como substituir o arroz?


Confira quais alimentos podem substituir o arroz nas refeições principais, sem que haja defasagem de nutrientes

Alimento essencial na alimentação do brasileiro, o arroz acompanhado do feijão, é a base tradicional da nossa culinária e pode parecer difícil de ser substituído.

No entanto, a vontade de variar o cardápio do dia a dia, descobrir novos sabores, driblar a economia ou até mesmo suprir novas demandas alimentares, como diminuir o consumo de carboidratos, por exemplo, trazem uma questão: quais alimentos podem substituir o arroz de forma saborosa e sem que haja perda nutricional?

O que o arroz representa

O arroz é uma planta da família das gramíneas, um cereal que alimenta mais da metade da população humana mundial.

A cultura do arroz é a terceira maior cultura entre os cereais no mundo, perdendo apenas para o milho e o trigo.

No Brasil, o Arroz teve um aumento significativo na sua procura nos últimos meses. Com o isolamento social ocasionado pela pandemia, as pessoas ficaram mais tempo em casa e, naturalmente, passaram a consumir mais esse alimento. Isso acontece porque, o arroz é a base da refeição típica caseira do brasileiro.

O arroz faz parte da lista de itens que compõem a categoria chamada “alimentação à domicílio”, com os alimentos mais preparados no lar.

Valor nutricional

Vale lembrar que o arroz é um dos alimentos energéticos, dentro da classificação de grupos alimentares. Construtores e reguladores são os outros dois grupos alimentares.

O grão do arroz é fonte de energia, carboidratos, fibras, vitaminas e sais minerais. Além disso, não contém colesterol e é de fácil digestão.

O arroz é um dos principais representantes do grupo de cereais do “Guia alimentar para a população brasileira”, criado pelo Ministério da Saúde. Mas neste mesmo grupo, também entram o milho, o trigo, a aveia e o centeio.

Todos esses grãos também são fontes importantes de carboidratos, fibras, minerais e vitaminas, principalmente do complexo B.

Listamos a seguir alguns alimentos comuns da dieta dos brasileiros que podem substituir o arroz e fornecer ao organismo energia e nutrientes essenciais.

  • Aveia
  • Batata baroa
  • Batata doce
  • Batata inglesa
  • Batata Yacon
  • Canjica salgada
  • Farinha de mandioca
  • Macarrão integral
  • Mandioquinha
  • Milho (grãos e farinha)
  • Soja
  • Trigo integral (cuscuz)

Esses alimentos pertencem aos grupos dos cereais e dos tubérculos.

Alimentos substitutos do arroz

Listamos a seguir outros alimentos que também tem valor nutritivo bastante elevado e se parecem em visual e textura com o arroz cozido. No entanto, esses alimentos abaixo possuem menor quantidade de energia e carboidrato, o que torna a dieta menos calórica.

Quinoa

Nativa da região dos Andes, na América do Sul, a quinoa é considerada um superalimento pela FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura), devido às suas muitas propriedades nutricionais.

Quando cozida, adquire um aspecto e textura muito parecidos com os do arroz integral. O sabor é neutro e o tempo de preparo é bastante próximo ao do arroz. O grão ainda pode ser encontrado nas cores branca, preta ou vermelha.

“Arroz de brócolis” ou “arroz de couve-flor”

É possível utilizar legumes como a couve-flor ou brócolis em substituição ao arroz nas refeições. A textura desses vegetais depois de triturados em um processador lembra bastante o cereal.

A opção é rica em vitaminas e minerais, porém não conta com os mesmos aminoácidos presentes no arroz, nem a mesma quantidade de carboidratos. Por outro lado, os vegetais são ricas fontes de micronutrientes importantes como fibras, vitaminas do complexo B e potássio.

Cuscuz marroquino

Trata-se de uma massa feita com a semolina, vem do oriente médio e também pode ser encontrada com o nome de semolina em grãos. Essa opção é fonte de proteínas, magnésio, fósforo, cálcio e vitaminas do complexo B.

Cevada

A cevada em grãos também é uma alternativa de alimento bastante nutritivo que pode funcionar como acompanhamento do feijão. Seu gosto é neutro e ela é fácil de preparar. Além disso, o grão é fonte de proteínas, ferro, cálcio, zinco, selênio e vitaminas A e B.

Dica:

Ao substituir os alimentos na dieta, preste sempre atenção no equilíbrio nutricional, mantendo, assim, uma alimentação saudável e variada.

A substituição definitiva do arroz na dieta não é recomendada, pois o grão, além de ter um alto índice de nutrientes, faz parte da nossa cultura e da culinária brasileira.




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading