Alimentação em Foco Menu
Edital 2017 da Fundação Cargill busca projetos transformadores  para a cadeia de valor da alimentação

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest
22/08/2016
Institucional

Edital 2017 da Fundação Cargill busca projetos transformadores para a cadeia de valor da alimentação


A partir de hoje, organizações não governamentais estabelecidas a pelo menos três anos, que desenvolvem projetos voltados para a transformação social e geração de valor na cadeia da alimentação, poderão inscrever projetos para pleitear apoio da Fundação Cargill ao longo do próximo ano. Conforme o Edital 2017, podem se inscrever organizações sem fins lucrativos, com sede em uma das 23 cidades onde a Cargill está presente ou em municípios do entorno. Os projetos devem ser executados integralmente ao longo de 2017 e poderão receber até R$ 100 mil. As inscrições devem ser feitas até o dia 30 de setembro.

Os projetos inscritos devem propor soluções para pelo menos um dos seguintes desafios: desenvolvimento da agricultura familiar; combate ao desperdício de alimentos; promoção da educação alimentar; e empreendedorismo na cadeia de valor da alimentação. “Queremos fortalecer a cadeia de valor da alimentação e trazer inovação para dentro da nossa própria casa, pois aprendemos muito com os projetos que apoiamos”, diz a presidente da Fundação Cargill, Valeria Militelli.

O processo de seleção dos projetos compreenderá sete fases: inscrição por meio eletrônico; análises inicial, detalhada e complementar; visitas de gestão; validação do portfólio; e comunicação dos selecionados, que deverá ser feita a partir do dia 16 de janeiro de 2017.

O principal critério de avaliação dos projetos será o alinhamento entre o seu propósito e a missão da própria organização, além de sinergia com a missão da Fundação Cargill, que se traduz em promover a alimentação saudável, segura, sustentável e acessível, do campo ao consumidor. “Acreditamos que cuidar da alimentação começa na produção no campo, por meio de ações que disseminem conhecimentos sobre boas práticas e o combate ao desperdício, e se estende até a mesa, através da educação alimentar para fazer melhores escolhas”, ressalta a gerente da Fundação Cargill, Alice Damasceno.

Também serão levadas em consideração questões como o planejamento, o impacto e a relevância da projeto, seu poder de escalabilidade e transformação, e seu potencial de inovação e sustentabilidade.

Acesse aqui o regulamento do Edital 2017 da Fundação Cargill.

Para inscrever o seu projeto, clique aqui.

 




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading