Alimentação em Foco Menu
FAO lança Ano Internacional das Leguminosas

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest

FAO lança Ano Internacional das Leguminosas


A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, lançou, recentemente, 2016 como sendo o Ano Internacional das Leguminosas. O objetivo da agência é promover no ano que vem o poder da proteína e os benefícios à saúde dos legumes secos.

Com o tema: “Sementes Nutritivas para um Futuro Sustentável”, a meta é chamar atenção para os muitos benefícios desses alimentos, e aumentar a produção e o comércio. Segundo a FAO, as leguminosas representam uma fonte alternativa de proteínas mais barata do que as encontradas nas carnes, têm o dobro das proteínas do trigo e o triplo do arroz, são ricas em micronutrientes, aminoácidos e vitamina B, substâncias que as tornam partes essenciais de uma dieta saudável.

Combate à insegurança alimentar

As leguminosas mais populares são os diversos tipos de feijão: preto, mulatinho, manteiga e carioca; grão-de-bico, ervilha, soja, lentilha e fava, entre outros. Para o diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva, as leguminosas são colheitas importantes para a segurança alimentar de grande parte das populações, em particular na América Latina, África e Ásia. Nessas regiões, fazem parte da dieta tradicional e geralmente são produzidas por pequenos agricultores.

 




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading