Alimentação em Foco Menu
Fruto da pupunha: saiba como ele pode melhorar a qualidade nutricional da sua dieta

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest

Fruto da pupunha: saiba como ele pode melhorar a qualidade nutricional da sua dieta


Pouco conhecido em grande parte do país, o fruto da pupunha possui muitas formas de consumo e benefícios para a saúde

A pupunha é uma espécie de palmeira nativa da região amazônica que pode atingir mais de 20 metros de altura. Do caule desta planta se extrai a variedade de palmito pupunha, bastante popular em todas as regiões do país.

O fruto desta espécie, também chamado de pupunha, tem alto valor nutritivo e ainda é pouco conhecido fora da região norte do país.

A seguir, vamos compreender porque vale a pena conhecer e incluir na dieta alimentar o fruto da pupunha.

Como é o fruto da pupunha?

O fruto pode ser encontrado nas cores amarelo, laranja ou vermelho e possui tamanho entre dois e cinco centímetros.

A polpa do fruto varia entre as tonalidades amarelo claro ao laranja escuro. Cada cacho da fruta contém entre 50 e 100 frutos e pesa cerca de 3 quilos.

Nutrientes presentes na pupunha

A pupunha é uma excelente fonte de fibras, proteínas, vitaminas A e C e minerais como, cálcio, cobre, ferro, fósforo, magnésio, manganês, potássio e zinco.

Como pode ser consumido o fruto da pupunha?

Por se tratar de um fruto é comum pensar que podemos consumi-lo cru, em sua versão natural, porém isso não é verdade.

O fruto da pupunha possui a presença de cristais de oxalato de cálcio (ácido oxálico) que causam uma sensação desagradável ao paladar e podem inibir o processo de digestão do organismo, especialmente em crianças.

Existem várias formas de preparo do fruto, sendo a versão cozida em água e sal, a mais conhecida.

Receita tradicional para o consumo do fruto da pupunha:

Após 30 a 60 minutos de cozimento em uma panela com água e sal, descasque os frutos, corte-os ao meio na direção do comprimento para que sejam removidas as sementes e, então, está pronto para o consumo.

O fruto pode ser servido no café da manhã ou lanche da tarde acompanhado de açúcar, mel ou ao natural.

 

A fruta pode gerar também uma boa farinha natural que serve de base no preparo de diversas receitas como: pães, doces, bolos e até ração animal.

Além disso, o fruto é utilizado também na produção de geleias, sorvetes, compotas e vinhos.

Benefícios do consumo da pupunha

  • Fortalecimento do sistema imunológico: suas vitaminas e minerais reforçam a imunidade do organismo;
  • Prevenção de doenças degenerativas: a alta concentração de carotenoides, substâncias ricas em antioxidantes, ajuda na prevenção de doenças degenerativas;
  • Contribui para a saúde dos olhos: é um fruto rico em vitamina A, essencial para a saúde dos olhos, prevenindo doenças como a catarata;
  • Fonte de energia: a pupunha é rica em carboidratos que são essenciais para a energia corporal;
  • Auxilia na perda de peso: a pupunha é rica em fibras alimentares que promovem a sensação de saciedade e ajudam no funcionamento do intestino;
  • Auxilia na prevenção do câncer: o fruto possui antioxidantes que ajudam na prevenção do câncer por interromper as atividades dos radicais livres;
  • Protege a saúde cardíaca: suas fibras auxiliam na absorção do excesso de colesterol do organismo, muito nocivo para o bom funcionamento do coração.

O fruto da pupunha pode ser comprado em casas de produtos naturais, feiras ou mercados.

A Fundação Cargill apoia um projeto na cidade de Ariquemes, Rondônia, que trata exatamente da inclusão dos produtos da Pupunheira na nutrição e alimentação das pessoas. Confira!




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading