Alimentação em Foco Menu
Fundação Cargill apoia projeto que vai evitar desperdício de alimentos durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest
21/06/2016
Institucional

Fundação Cargill apoia projeto que vai evitar desperdício de alimentos durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro


No dia 9 de agosto, será inaugurado no bairro da Lapa, no Rio de Janeiro, o ReffetoRio Gastromotiva, projeto idealizado pelo chef David Hertz, fundador da Gastromotiva e Massimo Bottura. A iniciativa vai transformar as sobras dos alimentos servidos na Vila Olímpica durante os jogos Olímpicos e Paralímpicos, em pratos preparados por renomados chefs para alimentar pessoas em situação de vulnerabilidade social. Com isso, estima-se que 6 toneladas de alimentos deixarão de ir para o lixo.

O projeto foi inspirado no Reffetorio Ambrosiano, criado pela ONG Food for Soul, do chef Massimo Bottura, durante a Expo Milano em 2015. Massimo e a Food for Soul também são parceiros desta iniciativa.

Como foi feito em Milão, um caminhão entregará diariamente a carga de descartes de alimentos que fazem parte da logística de abastecimento da cadeia de alimentação, destinadas às instalações dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Os chefs colaboradores, todos voluntários, criarão pratos e o cardápio do dia com base nos ingredientes que forem entregues. Os pratos serão servidos gratuitamente para residentes da vizinhança e outros cidadãos que desejarem conhecer pessoalmente o poder de transformação da comida.

“Com o ReffetoRIO Gastromotiva enviaremos uma mensagem poderosa sobre a mudança social e como a comida pode ser o motor por trás dessa mudança”, diz David Hertz. “Comer no RefettoRIO alertará as pessoas em relação à importância de combater o desperdício e utilizar o ingrediente por inteiro”.

Estima-se que, durante os 40 dias de funcionamento do RefettoRIO Gastromotiva sejam servidos 120 refeições (almoço e jantar) diárias, poupando aproximadamente 6 toneladas de alimentos de ir para o lixo. “ Este projeto abordará o desperdício de alimentos de forma criativa e transformadora, esta é uma importante temática para a Fundação Cargill. Esperamos que sirva como exemplo e inspiração para que cada um de nós consuma de forma mais consciente”, aponta Valeria Militelli, presidente da Fundação Cargill.

Entre os chefs voluntários que já confirmaram presença estão o francês Alain Ducasse, o catalão Joan Roca, o basco Andoni Aduriz, os peruanos Virgilio Martinez e Renzo Garibaldi, e o argentino-italiano Mauro Colagrecco. Eles vão se juntar aos brasileiros Thomas Troisgros, Alex Atala, Roberta Sudbrack, Kátia Barbosa, entre outros que ainda estão sendo convidados, além dos chefs da rede Gastromotiva.

Instalado em um terreno cedido pela Prefeitura do Rio de Janeiro, o restaurante terá 108 lugares e está sendo projetado pelo escritório Metro Arquitetos. Os irmãos Campana estão fazendo o mobiliário e Vik Muniz a cenografia.

O Alimentação em Foco acompanhará de perto esse projeto e trará mais informações em breve.




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading