Alimentação em Foco Menu
Fundação Cargill lança edital para apoio de projetos em 2016

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest
15/10/2015
Institucional

Fundação Cargill lança edital para apoio de projetos em 2016


Serão selecionados 12 projetos que receberão até R$ 100 mil cada um

No Dia Internacional da Alimentação, 16 de outubro, a Fundação Cargill lança o edital para seleção de projetos que serão apoiados em 2016. Com a iniciativa, a Fundação Cargill visa identificar, estimular o desenvolvimento e apoiar a gestão de projetos realizados por organizações da sociedade civil, voltados à alimentação saudável, segura, sustentável e acessível.

Neste ano, poderão se inscrever organizações não governamentais e sem fins lucrativos instaladas em 23 municípios onde há presença da Cargill. Os projetos poderão receber até R$ 100 mil e deverão ser executados integralmente no decorrer de 2016.

Serão aceitos projetos que atendam a uma das quatro seguintes categorias: produção no campo; combate e prevenção à má nutrição; combate e prevenção à obesidade; e capacitação de profissionais da cadeia de valor de alimentação.

O consultor de sustentabilidade da Unidade de Negócios Foods da Cargill, Márcio Barela, explica que a Fundação Cargill busca projetos que promovam impacto social, ambiental e econômico. “O ideal é apoiarmos projetos que consigam envolver toda a nossa cadeia produtiva, desde o campo até o consumidor, pois dessa forma estaremos participando de projetos que estão alinhados à missão da Fundação”.

Os funcionários da Cargill também podem indicar projetos para serem apoiados. Neste caso, Barela ressalta que é preciso estar atento a algumas questões. A primeira delas é o alinhamento entre o projeto e a missão da Fundação Cargill, que é promover a alimentação saudável, segura, sustentável e acessível, do campo ao consumidor.

Outro aspecto importante é avaliar a legitimidade e a idoneidade da organização indicada, e os impactos provocados pelo projeto proposto. “A Fundação Cargill valoriza voluntários que fazem a conexão com organizações que têm trabalhos sérios e alinhados à sua missão e que precisam de um apoio, não só financeiro, mas também técnico. Projetos que gerem transformações reais e duradouras em suas comunidades ou na cadeia produtiva”, destaca.

Critérios de seleção

Os projetos inscritos serão analisados com base em seis critérios. Entre eles está o alinhamento estratégico da proposta com a missão da Fundação Cargill. A coerência entre o projeto proposto e a missão da própria instituição proponente, ou seja, se o projeto representa uma forma da instituição se fortalecer em sua missão, também será avaliado.

Além disso, a Fundação analisará a relevância do projeto frente ao contexto local no qual pretende atuar, o planejamento e se os indicadores estão alinhados aos objetivos propostos.

Por fim, serão observados quesitos de sustentabilidade e inovação do projeto, bem como o potencial de escala e a consequente transformação social gerada pela proposta.

Cronograma:

Nos meses de janeiro e fevereiro, os projetos selecionados serão visitados por representantes da Fundação Cargill. Nas visitas, serão acordadas as metas e os indicadores a serem acompanhados no desenvolvimento do projeto.

As organizações apoiadas deverão apresentar dois relatórios técnicos e financeiros, que demonstrem a aplicação dos valores recebidos. O primeiro deve ser entregue até 30 de junho e o segundo até 30 de novembro. Também é necessário apresentar um relatório final, até o dia 15 de dezembro de 2016.




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading