Alimentação em Foco Menu
Projeto que prevê alimentação segura e sustentável  às populações ribeirinhas recebe apoio da Fundação Cargill

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest
24/05/2016
Institucional

Projeto que prevê alimentação segura e sustentável às populações ribeirinhas recebe apoio da Fundação Cargill


Avaliar como está a degradação das áreas sob propriedade dos ribeirinhos que conquistaram o direito sob a terra e orientá-los para a prática da agricultura sustentável, minimizando os impactos na Floresta Amazônica, são alguns dos objetivos do Projeto Alto Arapiuns de segurança alimentar e conservação ambiental. A iniciativa, selecionada no Edital 2016 da Fundação Cargill, é desenvolvida pelo Aeroclube de Voo a Vela CTA, de São José dos Campos (SP), na região da bacia de afluentes do rio Arapiuns, em Santarém (PA).

A conquista da terra por parte dos ribeirinhos vem acontecendo gradativamente. Cada família recebe 100 hectares. A intenção do projeto é, por meio de técnicas de agricultura sustentável, ensinar os pequenos produtores a tornar a propriedade eficiente e auto-sustentável, utilizando apenas um hectare e preservando os outros 99.

Para tornar a propriedade produtiva nesta área reduzida – e preferencialmente onde já há degradação – o projeto consiste na divisão do único hectare a ser cultivado por família em quatro partes. Em uma delas as famílias continuarão plantando a mandioca, base da alimentação ribeirinha. As outras três partes receberão: milho, para alimentar galinhas; feijão, para agregar valor proteico à alimentação; e pimenta do reino, para comercialização e geração de renda às famílias.

Há seis anos, o Programa Alto Arapiuns de Desenvolvimento Sustentável realiza iniciativas com foco na melhoria do bem-estar da população que vive na região da bacia de afluentes do rio Arapiuns, nas áreas de saúde, educação, comunicação, segurança alimentar e conservação ambiental. Com o apoio da Fundação Cargill, a organização conseguirá expandir o número de propriedades atendidas nas iniciativas voltadas à conservação ambiental e segurança alimentar. “Atendíamos sete famílias e agora vamos ampliar para 20, o que representa 120 pessoas com acesso à alimentação segura e sustentável”, informa o coordenador do programa, Lélis Fachini.

Ele explica que o projeto prevê o investimento de dois anos em cada família / propriedade, que recebe as sementes, o adubo e a capacitação em técnicas sustentáveis de agricultura e geração de renda. “A proposta é que, ao término desse período, eles caminhem sozinhos e até ajudem a transformar a vida de outras famílias”.

O programa foi concebido e é desenvolvido por cerca de dez voluntários, entre agrônomos, nutricionistas, biólogos, médicos, dentistas e oftalmologistas, cuidando desta forma da terra e das pessoas que vivem na região.

O poder de transformação do projeto foi decisório para sua seleção entre os apoiados pelo Edital 2016 da Fundação Cargill. “O projeto Alto Arapiuns é muito desafiador, pois as famílias estão localizadas em regiões remotas e com pouco acesso. Porém as iniciativas do projeto buscam completar o ciclo da sustentabilidade, por meio de plantações que vão garantir a alimentação das famílias diretamente impactadas, auxiliar na capacitação para um cultivo consciente e proporcionar uma nova alternativa para incrementar a renda”, explica RenatoSouza, analista de Projetos da Fundação Cargill, Renato Souza.

Sobre o Alto Arapiuns

O Programa Alto Arapiuns de Desenvolvimento Sustentável (PAADS) é uma iniciativa da Diretoria Social do Aeroclube de Voo a Vela CTA de São José dos Campos – SP, uma organização sem fins lucrativos fundada em 1957. Iniciado em 2011, é desenvolvido na região da bacia de afluentes do rio Arapiuns, em Santarém (PA), e leva para as comunidades ribeirinhas ali existentes, iniciativas nas áreas de saúde, educação, comunicação, segurança alimentar e agricultura sustentável.

Um dos escopos do Programa Alto Arapiuns é o projeto agrícola que tem como proposta trabalhar em parceria com as comunidades locais para gerar alternativas de renda juntamente com o planejamento ambiental e a conservação da mata nativa local.

Para mais informações sobre a organização, clique aqui.




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading