Alimentação em Foco Menu
Projeto Super Vitaminados criará uma coleção de livros infantis

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest

Projeto Super Vitaminados criará uma coleção de livros infantis


Voltadas a crianças de 3 a 9 anos, histórias estimularão o consumo de frutas, verduras e legumes

O Projeto Super Vitaminados, desenvolvido pelo Instituto de Desenvolvimento de Talentos, de Curitiba (PR), é uma das iniciativas selecionadas pelo Edital 2017 da Fundação Cargill. A iniciativa prevê a criação de uma coleção composta por 20 livros para crianças na faixa etária de três a nove anos, contendo história sobre frutas, verduras e legumes, para atender pais e professores que buscam esse material para auxiliar na educação e formação de hábitos saudáveis de alimentação. A coleção também conterá um CD com vinte músicas – uma para cada Super Vitaminado – e a áudio descrição das histórias, permitindo a acessibilidade de crianças portadoras de deficiência visual.

A arte-educadora responsável pelo projeto, Patricia Miranda, explica que em cada livro, um alimento será apresentado como um super herói. Numa linguagem interativa, na qual o próprio alimento se comunica com o leitor, Bete Beterraba, Abrão Abóbrão, entre outros alimentos, contarão como são, qual seu papel para a nutrição, como podem auxiliar no crescimento saudável e colaboram para combater e prevenir doenças. Darão, ainda, informações sobre onde e como são produzidos, onde podem ser encontrados e como podem ser inseridos em diferentes e deliciosas receitas.

Para fortalecer ainda mais a coleção, cada livro terá, além da história, receitas e a música tema de cada personagem.

Os 20 livros se encaixarão um no outro, formando um quebra cabeça. Quando montado, o quebra-cabeça terá duas funções: de um lado, um painel que formará um jogo de tabuleiro baseado nos personagens do livro; do outro, um painel que representará uma horta, como se estivessem plantados diferentes vegetais e hortaliças com suas respectivas plaquinhas de identificação. Cada plaquinha conterá informações sobre como cultivar aquela fruta, verdura e legume (como e quando plantar, como cuidar, preparo da terra, etc).

“O projeto também prevê a criação de um site com diversas receitas que poderão ser feitas pelas crianças – sozinhas ou acompanhadas dos pais”, explica Patrícia. O site será um complemento da ferramenta para professores que desejarem adotar o material, pois será possível, também, compartilhar vídeos do desenvolvimento das atividades feitos nas escolas e nas salas de aula.

A coleção Super Vitaminados será distribuída em escolas públicas de cinco cidades paranaenses onde a Cargill está presente: Paranaguá, Castro, Maringá, Toledo e Ponta Grossa.

A analista de projetos da Fundação Cargill, Perla Steirensis, explica os vários aspectos que levaram a Fundação a selecionar o Super Vitaminados para receber apoio em 2017. “O projeto prevê alta qualidade visual e durabilidade do material. A instituição possui conhecimento e experiência no desenvolvimento de materiais lúdicos e pedagógicos. Além disso, mantém um bom relacionamento com a universidade local. É uma excelente oportunidade para aprimorar o conteúdo de educação nutricional para um público com faixa etária menor do que a Fundação Cargill costumava atender”.

Segundo a arte-educadora Patrícia, o projeto só poderá ser viabilizado em função do apoio da Fundação Cargill. “Todo o recurso para a criação dos produtos e execução do projeto nós receberemos da Fundação. Além do recurso financeiro, a Fundação também está nos cedendo uma assessoria de base para que o material esteja plenamente alinhado com os valores da Fundação”, revela.




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading