Alimentação em Foco Menu
Projetos selecionados no Edital Fundação Cargill 7ª Edição

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest

Projetos selecionados no Edital Fundação Cargill 7ª Edição


11 projetos receberão apoio da Fundação Cargill em 2022 para o desenvolvimento de cada iniciativa

Desde 2014 a Fundação Cargill lança anualmente editais para apoiar iniciativas alinhadas à sua missão: promover a alimentação segura, sustentável e acessível.

Como funcionou neste ano?

Durante os meses de fevereiro, março e abril de 2021, Organizações da Sociedade Civil, Instituições de Ensino Superior e Pesquisa e Startups puderam inscrever seus projetos para o Edital Fundação Cargill 7ª Edição.

Os projetos passam por um detalhado processo de avaliações e análises.

Quais os objetivos e critérios avaliados no processo de seleção?

Primeiramente os objetivos do projeto inscrito devem estar alinhados com um ou mais temas a seguir:

  • Iniciativas inovadoras no combate à perda e desperdício de alimentos;
  • Inovação tecnológica (soluções e pesquisa) na cadeia de alimentos;
  • Parcerias para inovação e o fortalecimento do empreendedorismo na cadeia da alimentação
  • Resolução de problemas reais e com justificativas comprovadas

Posteriormente, todas as iniciativas são analisadas com os critérios:

1º Inovação

2º Alinhamento e Coerência

3º Planejamento e Gestão

4º Impacto e Relevância

5º Escalabilidade e Mobilização

6º Perenidade

Leva-se em consideração também a maturidade do projeto, região de atuação, se promove a diversidade e inclusão social e sua conexão com as demandas da sua região.

Após as fases de triagem inicial, recebimento de materiais, análises aprofundadas, reuniões virtuais para conhecer as principais iniciativas e validação  com a diretoria e conselho da Fundação Cargill, chega-se aos projetos selecionados para a edição.

Projetos selecionados no Edital Fundação Cargill 7ª Edição

Foram selecionados 11 projetos que serão contemplados com suporte técnico e financeiro para desenvolvimento de suas iniciativas durante um período de 12 a 24 meses.

“Cada vez que lançamos um edital, recebemos iniciativas que fazem a diferença onde estão inseridas. Nesse ano, não foi diferente e a escolha é sempre muito difícil. Por isso, já estamos elaborando novidades para a próxima edição. As iniciativas escolhidas nesse ano possuem propostas que poderão trazer benefícios não somente para as pessoas que participam, mas também um impacto positivo socioambiental para a região e isso é muito importante para nós. Esperamos que, com o nosso apoio, eles possam continuar o trabalho junto às comunidades, crescer e prosperar cada vez mais”, afirma Flávia Tayama, diretora da Fundação Cargill no Brasil.

Confira os projetos selecionados para o Edital Fundação Cargill 7ª Edição:

Da Terra ao Prato

Cidades: Campinas (SP)

Organização: Agir Verde Sustentabilidade

Total de pessoas beneficiadas: 30

Objetivo: Fortalecer a cadeia agroecológica local e promover o acesso à alimentação saudável através da articulação entre agricultores, poder público, consumidores e sociedade civil, desenvolvendo um arranjo territorial multissetorial, trabalhando o engajamento dos atores e cocriando soluções nos eixos da produção (agricultura), distribuição (consumo) e educação.

Periferia Conectada

Cidade: São Paulo (SP)

Organização: Projeto Arrastão

Total de pessoas beneficiadas: 78

Objetivo: Capacitar jovens e adultos para o desenvolvimento de suas competências empreendedoras e apoiar a criação de propostas de negócios inovadores e sustentáveis no setor de alimentos. Assim como, apoiar e fortalecer negócios de alimentação, através de formações, assessorias, mentorias e conexões com o ecossistema regional de negócios periféricos da Região Sul da Grande São Paulo.

Saudabilidade através do mel de cacau: explorando as propriedades como prebiótico e probióticos nos alimentos

Cidade: Campinas (SP) e Ilhéus (BA)

Organização: SupportLab

Total de pessoas beneficiadas: 500

Objetivo: O projeto pretende causar um impacto positivo na cadeia produtiva do cacau através de uma mudança da percepção de valor cultural, social e econômico. Ampliar o foco do beneficiamento do cacau para além da extração das amêndoas que são a matéria-prima do chocolate, focando no aproveitamento integral do fruto do cacau evitando o desperdício da polpa e do mel de cacau.

Cacau consorciado – Abrindo Horizontes

Cidade: São José do Rio Preto (SP)

Organização: Associação Comercial Empresarial de São José do Rio Preto – ACIRP

Total de pessoas beneficiadas: 1000

Objetivo: Construção de um viveiro para oferecer simultaneamente mudas e material genético em maior escala para produtores e viveiristas interessados no consórcio com cacau, juntamente com as informações levantadas nos campos já instalados e reforçados pela ação na linha de pesquisa com materiais clonais diversos.

Circuito Startup Tech – Desafios de MATOPIBA

Cidade: Barreiras (BA) e Balsas (MA)

Organização: Associação Wylinka

Total de pessoas beneficiadas: 80

Objetivo: Circuito de programas (Bootcamp + Sprint) para desenvolvimento de soluções de base científica e tecnológica para os desafios da cadeia de alimentação de MAtopiBA por estudantes universitários das regiões de Balsas e Barreiras.

Resgate da alimentação cultural Xerente com uso de novas práticas agrícolas

Cidade: Pedro Afonso (TO)

Organização: Associação dos Brigadistas Xerente

Total de pessoas beneficiadas: 95

Objetivo: implantar 3ha de agrofloresta, ofertar um curso técnico em agroecologia que permitirá o resgate do preparo das lavouras familiares com seus alimentos tradicionais, a recuperação de áreas degradadas de cerrado e córregos garantindo a segurança hídrica e alimentar ao povo Xerente. Resgatar a troca de saberes de seus anciãos e os jovens com o repasse das técnicas de cultivo e, possibilitar a implementação de um sistema de irrigação por energia solar, atuará no retorno às práticas da agricultura fortalecendo a história e a cultura alimentar deste povo.

Nutrir plantas para nutrir pessoas: fertilização de solos para aumentar a produção de alimentos no Oeste do Pará

Cidades: Santarém (PA)

Organização: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA)

Total de pessoas beneficiadas: 480

Objetivo: Manejar e Fertilizar solos com biofertilizantes produzidos a partir de resíduos orgânicos para aumentar a produção de alimentos de pequenos agricultores em um raio de 40 km da área central de Santarém, Oeste do Pará.

Formação de Jovens Empresários Rurais da Agricultura Familiar

Cidade: Gandú (BA)

Organização: CASA FAMILIAR RURAL DE PRESIDENTE TANCREDO NEVES

Total de pessoas beneficiadas: 85

Objetivo: Ofertar educação contextualizada ao campo com o propósito de impulsionar o empreendedorismo na cadeia de produção de alimentação, fortalecer os processos sustentáveis, fomentar à agricultura familiar e a inclusão socioprodutiva, com a geração de trabalho e renda, fixar o jovem no campo e execução de 55 unidades produtivas educativas familiares

Hortas urbanas em rede: assistência técnica, gestão e comercialização

Cidades: Campo Novo do Parecis (MT)

Organização: Associação dos Servidores Penitenciários de Campo Novo do Parecis

Total de pessoas beneficiadas: 475

Objetivo: O objetivo do projeto é aumentar a oferta de alimentos através de hortas urbanas, fortalecer a segurança alimentar da população mais vulnerável e conectar-se em rede com vistas a garantir o acesso de todas as pessoas, em particular pessoas em situações vulneráveis, incluindo crianças, a alimentos seguros, nutritivos e suficientes durante todo o ano, além de promover a criação de um produto para comercialização e rentável para Casa das Marias.

Leite humano em pó: processamento, controle de qualidade e aleitamento materno

Cidades: Maringá (PR)

Organização: Universidade Estadual de Maringá

Total de pessoas beneficiadas: 500

Objetivo: Obtenção do leite humano em pó estendendo o prazo de validade em relação ao leite humano “in natura”. Permitir a utilização do leite humano em pó, em diversas e diferentes situações hospitalares sempre alinhado com as diferentes fases do desenvolvimento do recém-nascido. Realizar campanhas educativas sobre o aleitamento materno e assim preservar sempre a lei natural dos humanos (contato maternal entre mãe e filho).

Gerar Alternativas

Cidade: Curitiba (PR)

Organização: GERAR – Geração de Emprego, Renda e Apoio ao Desenvolvimento Regional

Total de pessoas beneficiadas: 120

Objetivo: Implementar melhorias na infraestrutura física do programa Banco de Alimentos com a aquisição e doação de um túnel de congelamento e qualificação social e profissional de um grupo de Apenados em liberdade condicional que atuam no beneficiamento dos alimentos doados ao Banco de alimentos do CEASA-PR.

Em 2022, as instituições selecionadas receberão entre R$ 50 mil e R$ 200 mil. A Fundação Cargill tem orgulho em contribuir com iniciativas tão inovadoras e importantes para o desenvolvimento do nosso país, reforçando seu papel de agente transformador e o compromisso com uma alimentação segura, sustentável e acessível.




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading