Alimentação em Foco Menu
Receitas para se alimentar bem no inverno sem ganhar aqueles quilinhos a mais

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest

Receitas para se alimentar bem no inverno sem ganhar aqueles quilinhos a mais


Sim, é possível manter uma alimentação saudável e equilibrada nessa época do ano em que as temperaturas estão mais baixas!

Vemos que a dificuldade para comer alimentos como frutas e hortaliças é comum a todos no inverno, mas… calma! Existem formas de incluir esses alimentos de uma maneira prática e nutritiva no seu dia a dia nesse tempo mais frio, e isso vai lhe ajudar a manter a forma!

Quem não gosta de uma sopa para o inverno?

A grande dica para o inverno, especialmente para aquecer aquelas noites mais geladas, é investir nas sopas, já que existem muitas possibilidades de prepará-las com carnes magras, verduras e legumes.

Mas vale ressaltar que é preciso tomar cuidado ao escolher os ingredientes, principalmente os carboidratos, ou seja, se você incluir batata, não deve usar o macarrão ou o arroz. Opte também por variar as raízes – uma sopa com mandioquinha , inhame, cará ou batata-doce fica deliciosa e nutritiva.

E não esqueça: incremente sempre suas sopas e caldos com vários legumes e hortaliças, como couve, abóbora, abobrinha, chuchu, couve-flor, brócolis, repolho, tomate, espinafre, beterraba, agrião, cenoura e/ou vagem.

Lembre-se que para uma boa sopa no inverno servir como uma refeição completa, ela deve ter sempre todos os ingredientes (proteínas, carboidratos, legumes, verduras). Feijão, lentilha, ervilha e grão-de-bico também são bons complementos para essas preparações.

Uma outra dica importante é não bater a sopa no liquidificador, pois os vegetais folhosos e os legumes mais densos colaboram para que haja um maior número de mastigações. Com isso, a sensação de saciedade chegará mais rapidamente e não haverá necessidade de ingerir grandes quantidades. Além disso, alimentos quentes levam a uma saciedade mais precoce do que os frios.

Aqui vai uma sugestão de sopa saborosa, com todos os ingredientes para torná-la uma opção completa de alimentação saudável para sua refeição no inverno.

SOPA DE LEGUMES COM FARELO DE AVEIA

 

Ingredientes

  • 1 cenoura média cortada em cubinhos
  • 1 cebola média
  • 2 galhos de couve-flor
  • 2 colheres (sopa) de alho-poró picado
  • ½ maço de agrião
  • 2 dentes grandes de alho picado
  • ½ quilo de músculo picado em cubinhos
  • 1 litro de água
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • ½ xícara (chá) de farelo de aveia
  • 1 colher (sobremesa) de salsinha e outra de cebolinha picadas
  • 1 colher (chá) de sal

Preparo

Refogue na panela de pressão o músculo com a cebola, o alho e o alho-poró no azeite, até ficarem cozidos e macios. Acrescente a couve-flor, a cenoura, o agrião e a água. Espere a água ferver, adicione o farelo de aveia, a salsinha, a cebolinha e o sal. Feche a panela e, assim que pegar pressão (ou seja, quando você ouvir aquele”tchiiii”), deixe cozinhar por 15 minutos e apague o fogo. Aguarde sair toda a pressão e está pronta uma sopa muito apetitosa para aquecer o seu inverno.

Mais um prato saboroso

Não é só de sopa que vive o inverno. Para quem gosta de uma boa massa, mas não quer perder a linha, que tal substituí-la por uma versão bem criativa e deliciosa? Veja esta sugestão bem prática e rápida de preparar.

ESPAGUETE DE LEGUMES COM TOMATE E PALMITO

 

 

Ingredientes

  • 1 cenoura crua
  • 2 talos de palmito
  • 1 abobrinha italiana
  • 7 tomates cereja cortados ao meio
  • Fios de azeite e ervas frescas de sua preferência
  • Sal a gosto

Preparo

Rale a abobrinha e a cenoura no ralador grosso (fica melhor se você tiver aquele ralador próprio para fazer espaguete de legumes). Em uma panela com água já fervente, dê uma escaldada rápida nesse espaguete de abobrinha e cenoura (é só uma passasa bem rápida mesmo, pois eles têm de ficar al dente). Escorra e reserve. Refogue rapidamente o palmito picadinho e os tomates cereja cortados ao meio no azeite com o alho amassado, pitadas de sal e ervas. Acrescente o “espaguete” e, se quiser, regue com um pouco mais de azeite ou acrescente um pouquinho de molho de tomate.

E as frutas?

As frutas também costumam perder espaço no inverno, mas deixá-las de lado nessa época é um grande erro para quem quer manter uma dieta equilibrada. Uma boa alternativa é utilizar as frutas em purês e geleias feitas com frutas da época (pois estão mais doces e suculentas). De preferência coma-as cozidas, mas lembre-se de não exagerar no açúcar.

Ingerir frutas secas não açucaradas também é uma boa forma de suprir a necessidade desse alimento no inverno.

Quer caprichar um pouco mais? Veja esta sugestão:

BOLO DE BANANA

 

Ingredientes

  • 4 colheres (sopa) de farinha de aveia
  • 2 ovos inteiros
  • 1 banana madura amassada
  • 1/2 colher (café) de fermento químico
  • 1 colher (sopa) de açúcar demerara

Preparo

Comece por colocar a farinha de aveia numa tigela. Acrescente os ovos e misture. Em seguida, acrescente a banana e misture novamente. Por último ponha o fermento, mexendo suavemente. Leve a mistura ao microondas por cerca de dois a três minutos. Opcionalmente, pode-se adicionar canela a gosto.

A melhor dica é sempre manter o equilíbrio

Doenças típicas de inverno, como resfriados e gripes, podem ser evitadas quando equilibramos nossa alimentação, acrescentando frutas, legumes e verduras nessa época do ano. Matenha sempre uma alimentação nutritiva, saudável e variada e prepare seu organismo para enfrentar a estação mais fria do ano.

E aqui vai a última dica: beba muita água! Embora a transpiração diminua no inverno, nossas necessidades hídricas continuam sendo as mesmas, pois estamos numa estação que costuma ser bastante seca. Um bom chá quente também pode ajudar!

Bom inverno!

Consultoria: Dra. Karina Abbud – nutricionista pela Universidade Católica de Santos, especialista em Fisiologia do Exercício pela Unifesp, formada em Medicina e Fitoterapia Chinesa pela Ebramec, especialista em Nutrição Funcional e Fitoterapia Funcional pela VP Centro de Nutrição Funcional, e em Nutrição Ortomolecular com ênfase em Nutrigenômica pela Fapes – Fundação de Apoio à Pesquisa e Estudo na Área da Saúde.




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading