Alimentação em Foco Menu
Rede Brasil do Pacto Global lança cartilha  de alimentos e agricultura alinhada aos ODS

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest

Rede Brasil do Pacto Global lança cartilha de alimentos e agricultura alinhada aos ODS


A Rede Brasil do Pacto Global da ONU lançou no dia 30 de agosto, em São Paulo, a Cartilha dos Princípios Empresariais para Alimentos e Agricultura (PEAA), documento inédito que servirá para orientar empresas de alimentos e agricultura do país a adotarem práticas em conformidade com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

A publicação, elaborada pelo Grupo Temático (GT) de Alimentos e Agricultura da Rede Brasil do Pacto Global, apresenta exemplos e soluções aplicadas por diversas organizações em busca de um sistema produtivo mais sustentável e resiliente, de acordo com os Princípios Empresariais para Alimentos e Agricultura (PEAA). “A Cartilha lança novos paradigmas aos negócios na área. Os PEAA guiarão a atuação das empresas – bem como de todos os atores da cadeia produtiva – para a Agenda 2030 da ONU, pautada por práticas socioambientais responsáveis, que levam em conta a preservação dos ecossistemas naturais, sociais e culturais de cada região”, afirma o presidente da Rede Brasil do Pacto Global, André Oliveira.

Os Princípios Empresariais para Alimentos e Agricultura (PEAA) foram desenvolvidos pelo Pacto Global da ONU ao longo de dois anos, por meio de um processo amplo e inclusivo, iniciado na conferência Rio+20, realizada em 2012. Eles dizem respeito a temas como segurança alimentar, responsabilidade ambiental, viabilidade econômica, direitos humanos, boa governança e transferência de conhecimento. No ano seguinte, líderes de corporações de todo o mundo foram convidados a um esforço conjunto para criação de um modelo sustentável de agronegócio após discurso do presidente da AMAGGI, Waldemir Loto, durante a UN Global Compact Leaders Summit. No Brasil, os PEAA foram lançados pelo GT de Alimentos e Agricultura em 2015.

“Agora, com a cartilha nas mãos das empresas e instituições que atuam no setor de alimentos e agricultura, nosso objetivo é promover, na prática, negócios ainda mais alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e mostrar o que pode e o que já está sendo feito nesta área em nosso País. Há muito tempo somos apresentados como celeiro do mundo, mas temos condições de ser muito mais e assumirmos a condição de berço de um novo modelo de desenvolvimento, em que toda a cadeia de agricultura e alimentos seja sustentável”, defende a diretora de Sustentabilidade e Comunicação da AMAGGI, Juliana de Lavor Lopes, coordenadora do GT de Alimentos e Agricultura.

Rede Brasil do Pacto Global da ONU

Lançado em 2000, o Pacto Global da ONU é a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa voluntária do mundo. Reúne mais de 13 mil signatários – entre empresas (pequenas, médias e grandes) e organizações – em mais de 160 países com o objetivo de alinhar os negócios a dez princípios nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. Até 2030, o Pacto Global tem o desafio de promover os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Criada em 2003 e hoje a quarta maior rede do mundo, com mais de 750 signatários, a Rede Brasil do Pacto Global é vinculada ao Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). A iniciativa promove ações colaborativas lideradas pelo setor privado, por meio da construção de parcerias com diversos setores, como a sociedade civil, governos e agências da ONU. Para os signatários, há o acesso a diversas informações, oportunidades de capacitação e networking, além da possibilidade de participação nos Grupos Temáticos – Água, Agricultura e Alimentos, Anticorrupção, Direitos Humanos e Trabalho e Energia e Clima.

Com informações: Rede Brasil do Pacto Global




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading