Alimentação em Foco Menu
Tabela nutricional dos alimentos

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest

Tabela nutricional dos alimentos


Se você é do tipo que já entendeu que a embalagem de um produto tem muito a dizer na hora da sua decisão de compra, parabéns. Mas é importante lembrar que o rótulo dos alimentos diz muito mais do que podem sugerir as dietas da moda e a preocupação com a balança, embora esta também seja válida.

As informações nutricionais dos rótulos dos alimentos são fundamentais para quem deseja obter melhores escolhas para sua alimentação e saúde.

Informações nutricionais obrigatórias nos rótulos de alimentos

Regulamentadas e fiscalizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), as informações obrigatórias nutricionais dos alimentos devem seguir um padrão.

No Brasil, todo produto precisa apresentar as informações nutricionais como valor energético, carboidratos, proteínas, gorduras totais, saturadas e trans, fibras e sódio por porção, além da medida caseira do alimento.

Há muita informação relevante a ser avaliada pelo consumidor na hora de escolher o que levar das gôndolas dos supermercados, mas ainda há desafios. Amanda Poldi, Nutricionista, Diretora Técnica da Fundação Cargill e responsável pela área de Assuntos Regulatórios da Cargill, explica que apesar da obrigatoriedade ainda há muita dificuldade na utilização dos dados nutricionais por parte dos consumidores.

Em pesquisa qualitativa realizada em 2012, Amanda e a Médica Endocrinologista Maria Helena Senger identificaram que a atual apresentação dos rótulos dos alimentos, com visual pouco atrativo e difícil de ler, é um dos fatores da falta desta compreensão. O estudo ainda apontou que tanto os profissionais de saúde como os técnicos do governo e da indústria consideram o conteúdo exposto complexo.

No quesito educação nutricional, todos os grupos focais desse estudo foram unânimes: o Brasil ainda tem muito a avançar no assunto. Segundo Amanda, a compreensão do rótulo é fundamental para que as informações disponíveis sejam utilizadas na alimentação diária, cumprindo com o seu objetivo.

Poucos consumidores sabem, mas a porção do alimento é uma referência que foi criada para contribuir com uma alimentação saudável, ou seja, para que as pessoas não exagerem no consumo do alimento e estejam atentas às quantidades dos nutrientes presentes em relação aos valores diários (VD), que servem de parâmetro para as pessoas”, destaca Amanda.

É possível comparar quantidades de gorduras saturadas, por exemplo, de dois produtos de diferentes fabricantes, com a mesma porção de consumo e escolher aquele com menor quantidade dessa gordura, que se consumida em excesso, é prejudicial à saúde. Porém, o consumidor precisa receber orientações claras, caso contrário, a informação permanecerá sem significado e uso efetivo”, finaliza.

Dados recentes levantados junto à população que consulta o serviço Disque-Saúde do Ministério da Saúde demonstram que aproximadamente 70% das pessoas consultam os rótulos dos alimentos no momento da compra. No entanto, mais da metade não compreende adequadamente o significado das informações. Por isso, na hora de consultar uma embalagem, vale estar atento.

Informação nutricional: os segredos por trás da tabela de calorias dos alimentos

Entenda o que cada componente obrigatório quer dizer no rótulo dos alimentos:

Rotulos de embalagens de alimentos

Porção

É a quantidade média do alimento que deve ser usualmente ingerida por pessoas sadias, maiores de 36 meses de idade, a cada vez que o alimento é consumido, promovendo a alimentação saudável.

%VD (valores diários)

Percentual de Valores Diários (%VD) é um número em percentual que indica o quanto o produto em questão apresenta de energia e nutrientes em relação a uma dieta de 2.000 calorias. Cada nutriente apresenta um valor diferente para se calcular o VD:

  • Valor energético – 2000 kcal / 8.400 kJ;
  • Carboidratos – 300 g; Proteínas – 75 g;
  • Gorduras Totais – 55 g;
  • Gorduras Saturadas – 22 g;
  • Fibra Alimentar – 25 g;
  • Sódio – 2.400 mg.

Não há Valor Diário para as gorduras trans, pois não há recomendação para seu consumo.

Medida caseira

Indica a medida normalmente utilizada pelo consumidor, através de utensílios, para medir alimentos. Por exemplo: fatias, unidades, pote, xícaras, copos, colheres de sopa. A apresentação da Medida Caseira é obrigatória. Esta informação ajuda o consumidor a entender melhor as informações nutricionais no seu dia a dia.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a tabela nutricional dos alimentos, é importante também saber utilizar todas essas informações. Uma dica é escolher alimentos mais saudáveis a partir da comparação de alimentos similares, como escolher o pão com mais quantidade de fibras, de preferência aquele que possui a informação “rico em fibras” nos rótulos.

 

Fique ligado nas informações que não podem faltar no rótulo dos alimentos!

  • O que é? (Nome do produto)
  • Do que é feito? (Lista de ingredientes)
  • Quem fabricou? (Dados do fabricante)
  • Onde foi fabricado? (Dados de origem)
  • Quanto tempo dura? (Prazo de validade)
  • Quanto tem na embalagem? (Conteúdo líquido)
  • Qual o caminho percorrido até chegar às minhas mãos? (Lote – facilita o rastreamento do produto)
  • Como conservar/Como preparar? (Instruções para o preparo, conservação e uso do alimento, quando necessário)
  • Qual o valor nutricional? (Rotulagem nutricional – identifica as propriedades nutricionais do alimento – exceto em casos específicos, como alimentos in natura embalados)
  • Outras exigências conforme legislação do produto.

Informações que não devem constar:

  • Sugestões falsas ou que induzam o consumidor ao erro.
  • Propriedades que o alimento não possui ou que não possam ser comprovadas.
  • Presença ou ausência de componentes próprios à natureza do alimento anunciados como vantagem, se não esclarecidas claramente que se trata de característica encontrada em alimentos similares.
  • Indicação de propriedades medicinais ou terapêuticas, sugerindo o alimento que previne ou que é capaz de curar doenças.



O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading