Alimentação em Foco Menu
Tipos de temperos para alimentos

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest

Tipos de temperos para alimentos


Saiba como usar os principais tipos de temperos, os grandes responsáveis pelo aroma e sabor das refeições

A busca por uma refeição mais saborosa e apetitosa existe há muitos anos e se tornou parte da história mundial, impulsionando a expansão dos continentes e motivando grandes expedições marítimas. E isso não é um exagero.

Basta lembrarmos das aulas de história relatando a descoberta do Brasil num erro de rota, quando os portugueses queriam mesmo chegar às Índias para adquirir especiarias. E o que eram estas especiarias tão valorizadas no século XV e XVI? Eram tipos de temperos comercializados na Ásia para fins culinários e medicinais. 

Os tipos de temperos mais populares na época eram canela, pimenta-do-reino, noz-moscada e cravo. Atualmente, podemos dividi-los em duas: ervas e especiarias

De um modo geral, ervas são usadas frescas e tem uma durabilidade menor. Já as especiarias, são a parte seca da planta e podem ser armazenadas para utilização durante o prazo de um ano.

Os temperos são considerados a alma da gastronomia pois são responsáveis por dar sabor, aroma, textura e cor aos pratos.

Principais tipos de temperos da culinária brasileira

Alecrim 

De aroma e sabor marcantes, pode ser usado fresco ou seco. Combina bem com aves, porcos, pães e legumes. 

Hortelã 

Com sabor forte e ardido, pode ser confundido com a menta. Seu uso abrange tanto receitas doces como salgadas. Combina com carne de cordeiro, mistura para quibe e tabule.

Salsa 

Junto com a cebolinha, forma uma dupla de temperos muito utilizada na culinária brasileira. Versátil, ela agrada muitos paladares e pode ser adicionada tanto em pratos simples como sopas e omeletes como em pratos mais elaborados, como grelhados e risotos.

Manjericão 

De sabor agradável e aroma irresistível, combina muito bem com molho pomodoro (a base de tomates) e pizzas. É a base também do famoso molho pesto, que, além do manjericão, leva azeite, alho, nozes e queijo parmesão. 

Orégano 

Muito utilizado em lanches e saladas, pode ser usado fresco ou seco, o mais comum. Tem sabor intenso, principalmente na sua versão seca. Combina com omeletes, tapiocas, torradas e queijos.

Cebolinha 

De sabor delicado e agradável, vai bem com diversas receitas, como carnes, frangos, saladas, pastas, patês, omeletes e caldos.

Erva-doce 

Com aroma e sabor adocicados, a parte utilizada nas receitas é a do seu fruto seco. Combina com pães, doces, biscoitos, bolos e tortas. 

Louro 

Por serem folhas firmes, não comestíveis, combina bem em preparos com longo tempo de cozimento, como feijão e demais grãos. Pode ser utilizado também em caldos e molhos.

Coentro 

De sabor refrescante e picante e forte aroma, essa folha é muito usada em preparos de peixes e frutos do mar. Muito usada na culinária do nordeste do país.

Pimenta-do-reino 

Conhecida internacionalmente, pode ser utilizada em quase todos os pratos na culinária, como carne de panela, frango assado e legumes cozidos. A sua versão preta é um pouco mais forte do que a branca. 

Combinações de temperos de alimentos

Misturar ervas e especiarias podem gerar uma infinidade de sabores diferentes, mas algumas combinações deram tão certo que se tornaram marca gastronômica de um povo ou região.

No Brasil, é hábito utilizar a dupla alho e cebola para refogar quase todos os pratos na cozinha, usando como temperos e ervas frequentemente a salsa e cebolinha, conhecidas na região sul e sudeste como cheiro verde. 

Preparamos a seguir uma lista com as principais combinações de temperos ao redor do mundo:

Chimichurri

Principal acompanhamento das carnes assadas em parrillas na Argentina e no Uruguai, esse molho se tornou muito utilizado também na região sul do Brasil.

Composto por: salsinha, orégano, cebolinha, alho, vinagre, azeite de oliva, sal e pimenta-do-reino.

Garam Masala

O tipo de tempero mais popular no norte da Índia, é conhecido por adicionar aroma e calor aos pratos.

Composto por: louro, pimenta-do-reino em grão preta, macis, cominho, canela, semente de coentro, cravo, cardamomo.

Ervas de Provence

Esse é um tempero clássico da região sul da França, que sofreu variações ao longo do tempo até chegar a sua versão popular atual.

Composto por: tomilho, alecrim, orégano, manjerona e alfazema.

Cinco especiarias chinesas

Esse tempero originário da China é resultado da busca pelo equilíbrio dos cinco sabores básicos do nosso paladar: doce, salgado, azedo, amargo e umami (delicioso).

Composto por: anis estrelado, erva-doce, pimenta de Sichuan, canela, cravo-da-índia.

Pimenta Síria

Também conhecido como Bahar, essa combinação de temperos não é uma pimenta e nem é tão picante. Muito utilizado em pratos típicos da culinária libanesa e síria como, quibes, kaftas e esfihas.

Composto por: pimenta-do-reino em grão preta, noz-moscada, pimenta-da-Jamaica, cravo e canela em pau.

Agora que você já conhece os principais tipos de temperos, que tal inovar nas receitas imprimindo mais cores, aromas e sabores aos seus pratos?

 

Fontes:

https://saberhortifruti.com.br/temperos-naturais/

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/diversao-e-arte/2010/01/07/interna_diversao_arte,164932/utilizadas-na-cozinha-desde-o-antigo-egito-as-especiarias-quando-usadas-de-forma-adequada-sao-excelentes-para-realcar-o-gosto-dos-alimentos.shtml

https://receitas.ig.com.br/2021-07-20/ervas-temperos-e-especiarias.html

https://paladar.estadao.com.br/noticias/comida,os-grandes-temperos-do-mundo,70002027674

https://foodandroad.com/pt-br/melhores-temperos-do-mundo/#5-especiarias-chinesas




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading