Alimentação em Foco Menu
Produção de queijo em casa: como fazer?

Compartilhar com Facebook Compartilhar com Twitter Compartilhar com Google+ Compartilhar com LinkedIn Compartilhar com Pinterest

Produção de queijo em casa: como fazer?


Entenda sobre a produção de queijo para aprender a produzi-lo em casa e desfrutar dos benefícios deste alimento milenar

O queijo é um exemplo clássico de preservação de alimento antigo ao longo dos anos, sua cultura é milenar. Sendo, hoje uma das iguarias mais consumidas no mundo e completamente inserida na nossa sociedade.

Seja como acompanhamento da macarronada, com a torrada no café da manhã, no recheio dos lanches ou servido como aperitivo, o queijo está presente nas mais variadas refeições dos brasileiros.

Com tanta aceitação, é natural que exista no mercado grandes fabricantes de queijo. Encontramos facilmente dezenas de queijos industrializados nas prateleiras e geladeiras dos supermercados.

Mas, existe também um interesse crescente dos brasileiros na produção de queijos artesanais, seja para consumo próprio ou para comércio.

Se você quer saber mais sobre a produção de queijo em casa, acompanhe nossa matéria.

O queijo

O queijo é um nome genérico dado a um conjunto de produtos oriundos da fermentação do leite. Resumidamente, o queijo é o leite coagulado.

Considerado uma das formas mais compactas de nutrição, o queijo reúne alguns dos ingredientes mais importantes para nosso organismo: cálcio, fósforo, proteína, vitaminas A, B e D e gorduras (fontes de energia).

A origem

Conforme comentamos acima, o queijo é um alimento muito antigo.

Não existem dados que comprovem onde ou quando surgiu o primeiro queijo. Porém, estima-se que ocorreu por volta de 8.000 aC, às margens do Rio Tigre na Mesopotâmia (entre Turquia e Iraque) durante a chamada Revolução Agrícola.

Durante esse período da evolução, o homem deixou de ser nômade e passou a se fixar num pedaço de terra. A partir de então, começou a cultivar vegetais para consumo e domesticar animais, entre eles cabras e ovelhas.

Diz a lenda que o primeiro queijo foi criado acidentalmente por um mercador, ao armazenar leite de cabra num cantil, durante uma viagem a cavalo sob sol quente.

A bolsa usada para armazenamento, por ser feita de estômago de carneiro, continha o coalho, uma mistura de enzimas presente no estômago de mamíferos ruminantes, responsável por coagular o leite.

A presença do coalho, somada ao calor e o galope do cavalo fez o leite coagular, ou seja, se dividir em soro e uma massa sólida, que futuramente seria chamada de queijo.

O momento atual

Nos últimos anos, o Brasil vem aumentando o consumo e a fabricação de queijos preparados de forma artesanal e adquirindo reconhecimento internacional.

No concurso internacional de queijo “Mondial du Fromage et des Produits Laitiers”, o mais importante do setor, realizado na França em setembro de 2021, o Brasil foi o segundo país mais premiado na classificação geral.

Esse reconhecimento vem despertando interesse de novos produtores na fabricação de queijos e valorizando o produto nacional para os consumidores brasileiros e estrangeiros.

Mas será que é fácil produzir queijo artesanalmente? O processo é relativamente simples mas é trabalhoso e exige tempo de maturação.

A seguir, temos um passo a passo para iniciar sua produção de queijo em casa.

Como fazer queijo fresco em casa?

Primeiramente, adquira os utensílios necessários:

– Panela com profundidade

– 1 pá de cozinha

– 1 faca

– Formas próprias para queijo (com furos para ventilação)

– Termômetro culinário

– Peneira

Os Ingredientes necessários para produção do queijo fresco são:

  • 5 litros de leite pasteurizado

O queijo caseiro pode ser produzido com leite pasteurizado (aqueles mantidos sob refrigeração nos mercados) ou pode ser feito também com leite natural (recém-ordenhado, sem passar pelo processo de pasteurização).

Os leites do tipo UHT, aqueles vendidos em caixas “longa vida”, não servem para a produção do queijo caseiro.

  • 3 ml de Cloreto de cálcio

É usado para repor o cálcio perdido na pasteurização do leite e reduz o tempo de coagulação. O leite natural dispensa esse ingrediente na produção do queijo.

  • 2 ml de Coagulante líquido

Esse ingrediente é essencial na produção do queijo. Ele é encontrado em casa de produtos agropecuários ou lojas de laticínios. Pela internet, os grandes marketplaces também comercializam o produto.

  • 1 colher rasa de sopa de sal

Para acentuar o sabor do queijo.

Modo de fazer

Numa panela profunda, aqueça em fogo brando o leite pasteurizado até atingir uma temperatura de 35°C a 37°C, utilize o termômetro culinário para a medição.

Adicione o cloreto de cálcio e mexa bem.

Em um recipiente à parte dissolva o coagulante em três colheres de água filtrada e misture bem. A quantidade de água pode variar, dependendo da marca do coagulante.

Adicione o coagulante dissolvido no leite e mexa por dez minutos.

Deixe a mistura descansar por 30 a 40 minutos e acompanhe a formação da coalhada.

Quando a coalhada estiver desgrudando do fundo da panela, com a ajuda de uma faca, corte a coalhada em diferentes sentidos, formando cubos de 2 a 3 centímetros.

A massa cortada deve ser mexida lentamente por cerca de 20 minutos, aumentando a velocidade gradativamente para que a massa solte o soro que auxilia na formação da textura do queijo.

Quando terminar de mexer, retire todo o líquido e coloque a massa numa peneira, deixando escorrer o restante do soro por quinze minutos.

Vire a massa na forma própria para queijo e salgue a face que ficou para cima, deixando descansar por mais 60 minutos.

Passado o período de descanso, vire a massa na forma para salgar a outra face e manter seu formato uniforme.

Leve à geladeira por aproximadamente 12 horas. Após esse período, seu queijo está pronto para ser consumido.

Existem muitas possibilidades de se produzir o queijo em casa, esta é uma das maneiras mais simples.

Faça testes alterando o tamanho do corte da coalhada ou mexendo por mais tempo ou alterando a consistência da massa, deixando-a com maior ou menor quantidade de soro. Você vai obter diferentes resultados e sabores após essa produção de queijo.

 

Dica:

Alguns cuidados de higiene são imprescindíveis quando se trata de fabricação de alimentos. Isso evita intoxicação alimentar e outros problemas mais graves que podem ser desencadeados. Mantenha sempre o ambiente, os utensílios e as mãos limpas no preparo do seu queijo em casa.

 

A Fundação Cargill, em parceria com a Enactus, organização internacional sem fins lucrativos, dedicada a inspirar alunos a melhorar o mundo através da ação empreendedora, apoia o Projeto Q, semifinalista do Prêmio Alimentação em Foco 2022.

O Projeto Q, busca o reconhecimento socioeconômico dos produtores de queijos artesanais no Brasil, visando impulsionar o empreendedorismo familiar e a segurança alimentar do consumidor final.




O que você procura?





fechar

Obrigado!


Seu cadastro foi realizado com sucesso.



fechar
Loading